Marca e cliente: do “o que” ao “por que”

09/11/2018 - AUTOR: Melina Koning

 

Melina Koning

No ambiente do seculo 21 no qual toda a vida tornou-se líquida (Bauman), volatil e móvel, o Mercado apenas reflete a realidade na qual ele faz parte, ou seja, volatil, incerto, complex e ambíguo. Viver, conviver, pensar, planejar nessa realidade tounou-se desafiador e motive de auto superação diária.

Isso torna o mundo um grande desafio para seus integrantes em todas as esferas da vida moderna. E a ideia deste artigoi é abordar como as empresas, de mercados B2C (Business to consumers ou negócios com consumidores) ou B2B (Business to business ou negócios com empresas), estão se adaptando (ou não!) a esse contexto em relação às suas marcas e relacionamento com o cliente.

Um dos fatores complicadores desse relacionamento entre empresas e clientes hoje em dia é a democratização da comunicação social, atualmente categorizada sob dois pilares: a tradicional, em massa e a autocomunicação, a interpessoal, dirigida ao indivíduo. Ambas coexistem, interagem e se complementam, como tem exposto a professora e editora desta publicação (OSHIRO, 2017, pg 121). Tudo junto e misturado!

Associado a este novo contexto comunicacional com o mercado (mas não limitado apenas a ele), de forma direta ou indiretamente, está o aumento da concorrência que expandiu-se alem do universo da propria marca. Ela atingiu um nível de complexidade nunca antes imaginado. Tudo de repente parece ter se transformado em commodities. No Brasil, por exemplo, em nosso segmented e Mercado – energia - tem mais de 150 fabricantes de cabos elétricos homologados no país (Inmetro), há 20 anos coexistiam não mais do que 20. Leia o artigo completo na edição 1 da NomuseLocus Magazine. Acesse a versão em pdf na home do portal.

*Melina Konig - jornalista, especializada em comunicação corporativa e mestre em negócios e mercado. Atualmente é gerente de marketing estratégico e comunicação na America Latina da Nexans.

Acesse nossa rede

 

Pesquisa Nº 1

QUESTAO:

“Você já enfrentou situações nas quais você não foi respeitado? Se positiva. O desrespeito é mais usual em que ambiente de seus relacionamentos cotidianos?”.


Resultado:

SIM – 100%


ONDE?

60% - Sociedade em geral

100% - Ambiente de Trabalho

80% - Nos espaços públicos

50% - Pelo Estado

30% - Nas instituições de ensino


Quer conhecer mais detalhes da pesquisa? Acesse e baixe a 1ª edição da NomuseLocusMagazine.