Pimp my Carroça um projeto inspirador que se amplia com o Carroças do Futuro

11/09/2020 - AUTOR: da Redação

 

No Brasil, existem cerca de 400 e 600 mil catadores que têm no lixo solido descartado pela sociedade sua principal fonte de renda.Destes, cerca de 30,3 mil estão em cooperativas e associações, segundo o Ipea. São eles os responsáveis por, em média, 90% da reciclagem no Brasil. Utilizam as carroças para armazenar e transportar o que recolhem nas ruas até um ecoponto ou ferro velho

Com o esforço de parceiros o Pimp by Carroça tem conseguido empoderar essa comunidade. Porém, uma das maiores dificuldades desse profissionais é com o enorme esforço físico dedicado no transporte do volume de material que eles têm que recolher na quantidade suficiente para gerar uma quantidade de valor que os sustentem. Esse esforço demanda tempo, enorme esforço físico, que ao longo do tempo causa inúmeros problemas de saúdes.

Diante desse contexto, o Movimento iniciou um projeto com o foco na redução desse esforço que propiciasse maior eficiência e produtividade no seu trabalho, com    a criação do projeto Carroças do Futuro. Ele cria triciclo e carroças motorizados e sustentáveis para catadores e visa melhorar a condição de trabalho e saúde desses profissionais, com o objetivo de desenvolver protótipos de carroças e triciclos elétricos que utilizem energia renovável como alternativa à tração humana.

O objetivo é a criação de protótipos baseados no uso de energia renovável, com baixo custo e potencial de escalabilidade, de forma a prevenir e mitigar os problemas de saúde dos catadores, favorecendo também a geração de renda. Atualmente dois modelos de protótipos estão sendo trabalhados.

Para um bate papo informal e inspirador, esteve no quadro Virtuosidade, coordenado pela editora e coordenador do #nomuselocus,  Ana Lúcia Alcântara Oshiro, com a coordenadora do projeto, Adriane Andrade. Assistam no nosso canal ou aqui, no link:https://youtu.be/3HyHCaFzUnY

Acesse nossa rede

 

Pesquisa Nº 1

QUESTAO:

“Você já enfrentou situações nas quais você não foi respeitado? Se positiva. O desrespeito é mais usual em que ambiente de seus relacionamentos cotidianos?”.


Resultado:

SIM – 100%


ONDE?

60% - Sociedade em geral

100% - Ambiente de Trabalho

80% - Nos espaços públicos

50% - Pelo Estado

30% - Nas instituições de ensino


Quer conhecer mais detalhes da pesquisa? Acesse e baixe a 1ª edição da NomuseLocusMagazine.